Nossos Boardgames Favoritos, Mice and Mystics

A premissa deo boardgame Mice and Mystics já começa instigante. Os jogadores encanaram heróis do Reino que por serem leais ao legítimo rei, foram jogados nos calabouços do castelo pela terrível e má rainha Vanestra. Para escaparem do calabouço, o herói místico Maginos, que é um dos personagens que você pode controlar, transforma todos em ratinhos, e agora o grupo precisa escapar pelo esgoto do castelo, vencendo uma série de desafios de forma cooperativa, até conseguirem salvar o Reino. E claro, a rainha Vanestra descobre a fuga dos heróis, transforma seus capangas em ratos, e os manda em perseguição aos heróis.

Caixa do Mice and Mystics:

Mice and Mystics é um jogo de aventura cooperativo, tendo sido categorizado por muitos jogadores como um “RPG em uma Caixa” , semelhante a outros jogos como a fantástica linha Descent, e os boardgames  da linha Dungeons & Dragons da Wizard of The Coast. Esses jogos têm como característica principal simular aventuras de Role-playing Games, onde os jogadores participam como personagens de um grupo de heróis.

No modo campanha, você participa de uma narrativa com uma história muito rica que apresenta uma experiencia compartilhada de aventura dividida em arcos ou capítulos, e esses são divididos em cenas individuais; cada uma com objetivos específicos. As cenas se desenrolam em tabuleiros coloridos onde se coloca as belas e adoráveis miniaturas de ratinhos dos heróis, e dos vilões e antagonistas.

Miniaturas dos personagens:

Os personagens têm descritos na ficha, estatísticas como; ataque, defesa, conhecimento e movimentos. Cada personagem tendo mais ou menos pontos em cada atributo, de acordo com sua especialização. O movimento dos personagens no tabuleiro, é definido pelo seu atributo de movimento, as ações de tarefas, são resolvidas com o atributo de conhecimento, e de combate, com seu ataque.

Um elemento muito bacana do Mice and Mystics é que há espaço para customização dos personagens, o que permite não apenas a variação entre os ratinhos heroicos (há o guerreiro, o místico, o arqueiro e a curandeira) mas variações de habilidades nos mesmos personagens.

Fichas dos Personagens

O jogo pode ser jogado por 1 a 4 jogadores, e cada partida pode levar até 120 minutos. A idade recomendável é 7 anos pelo fabricante, mas nossa experiência nos diz que o ideal é a partir de 8 ou mesmo 9 anos de idade. No Brasil, você encontra a versão traduzida da caixa básica, e ao menos uma expansão: O Coração de Glorm. Há também o jogo Tail Feathers que apesar não ser uma expansão, esta no mesmo universo e ambientação de Mice and Mystics. Todos esses, você acha na Spellbox.

Mice and Mystics entra na nossa lista de favoritos pela qualidade das regras, que unem facilidade de aprendizado para os jogadores iniciantes, com peso suficiente para agradar os mais experientes. Pela qualidade do material gráfico e das peças e pela sua mecânica movida por uma rica história em modo campanha; tudo isso emoldurado na fascinante ideia de heróis transformados em ratinhos.

Queremos saber a sua opinião